jusbrasil.com.br
5 de Julho de 2022

País cobrará discussão ampla de espionagem americana em organismos internacionais

Senado
Publicado por Senado
há 9 anos

Um grupo técnico vai identificar os principais quesitos que precisam ser esclarecidos pelo governo dos Estados Unidos sobre as denúncias de espionagem no Brasil, informou o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, em audiência pública sobre o tema encerrada há pouco na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

Patriota disse que o Brasil vai acionar as Nações Unidas e ampliar o debate em organismos internacionais, visto que outros países, a exemplo da Colômbia, também teriam sido monitorados americanos.

Para o ministro da Defesa, o ex-chanceler Celso Amorim, nenhum pais do mundo tem condições de criar um “escudo total” em torno de suas informações. Segundo ele, a estratégia de defesa tem que envolver elementos de cibernética, mas com instrumentos tecnológicos nacionais, como forma de garantir a segurança das informações. Do contrário, afirmou, “o próprio protetor pode estar repassando as informações”.

Mais informações a seguir

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

No meu entendimento, mesmo que o Governo brasileiro pudesse importar Tecnologia Marciana, com toda certeza o Governo dos Estados Unidos iria invadir o sistema e continuar com a espionagem, e não há escudo que nos proteja, pois todos sabem que os Estados Unidos sempre estão tentando dominar o mundo.

E por falar em tentar dominar o mundo: Tá dominado, Brasil tá dominado! continuar lendo