jusbrasil.com.br
16 de Dezembro de 2019
    Adicione tópicos

    Processo de cassação de mandato é perseguição, afirma Juíza Selma

    Senado
    Publicado por Senado
    há 14 dias

    A senadora Juíza Selma (Podemos-MT) se defendeu nesta segunda-feira (2), em Plenário, da acusação de omitir gastos da campanha eleitoral de 2018. A parlamentar considera o processo de cassação de mandato do Tribunal Superior Eleitoral, marcado para terça-feira (3), uma perseguição política decorrente das suas sentenças proferidas quando ainda era juíza no estado do Mato Grosso.

    A parlamentar ressaltou que “pode até prever que o resultado não será positivo” devido aos interesses por traz dessa decisão. Mesmo assim, afirmou que ainda acredita na Justiça.

    — Se a justiça for feita, se os julgadores analisarem o processo com técnica, se eles abandonarem os interesses políticos de alguns que estão pressionando para minha cassação, eu vou sair vitoriosa — disse.

    Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)