jusbrasil.com.br
30 de Outubro de 2020
    Adicione tópicos

    Documentário da TV Senado homenageia os 60 anos de Brasília

    Senado
    Publicado por Senado
    há 6 meses

    Estreia na TV Senado neste sábado (18), às 19h30, o documentário A Menina de Sessenta. Dirigido por Argemiro Figueiredo, o vídeo conta a história da construção da capital do país, fundada há 60 anos, sob a perspectiva de pessoas que moram ou moraram no Distrito Federal. As reprises estão programadas para domingo (19), às 9h30 e às 19h30, e terça-feira (21), às 21h.

    Argemiro disse que o documentário faz um paralelo entre a Brasília de 1962, quando ainda havia poucos habitantes na cidade, e o atual momento, em que a pandemia de coronavírus levou ao isolamento social e deixou as ruas das capital esvaziadas.

    — Estávamos no meio do processo de produção do documentário, e aí a cidade ficou vazia por causa da pandemia. Isso nos fez lembrar do começo da capital. A partir daí nós começamos a fazer um paralelo com aquela Brasília, que foi imaginada para 500 mil habitantes, como isso tudo se transformou e como está hoje, com uma população de quase 4 milhões de pessoas — explicou o cineasta.

    Argemiro relata que o vídeo, de 26 minutos, traz depoimentos de pessoas que moram ou moraram nas "cidades satélites" e que, de algum modo, foram testemunhas da história da cidade. Essas pessoas, disse ele, trazem suas visões, perspectivas e informações pertinentes para o documentário, que "tenta fazer um balanço do saldo positivo, negativo, do que deu certo e errado nesses 60 anos".

    — No documentário, as histórias de pessoas que fizeram e fazem Brasília são entrecortadas e nos ajudam a entender o que aconteceu neste percurso — salienta o servidor.

    Para o diretor da TV Senado, Érico da Silveira, essa produção original da emissora aparece como um “alívio para o espectador".

    — Estamos muito focados em covid-19, matérias pesadas e notícias sobre a pandemia. O documentário, por sua vez, traz um tom de leveza e nos mostra Brasília mais leve, bonita e agradável. Ao vê-lo, as pessoas vão se lembrar de como é linda a nossa cidade — diz Érico.

    Após a estreia, o documentário também estará disponível no canal da TV Senado no Youtube.

    Além de A Menina de Sessenta, a TV Senado irá produzir outros vídeos, de 10 minutos cada, com temas específicos sobre a história de Brasília.

    Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)